set 21, 2020

Guia: crie o plano de marketing do consultório em 7 passos

Guia plano de marketing do consultorio 7 passos

O plano de marketing é uma diretiva importante para clínicas, consultórios e profissionais de saúde autônomos conquistarem seu espaço no mercado. Neste artigo, você encontrará os 7 passos para criar e colocar em prática o plano customizado para o seu negócio. 

Plano de Marketing passo a passo:

Um plano de marketing se apoia em muita análise e observação do seu mercado e estrutura de atendimento. Somente com dados reais é possível tomar decisões inteligentes e conhecer os seus diferenciais competitivos, por isso, ele nunca poderá ser reproduzido de outras empresas. Acompanhe a seguir os 7 passos para criar um plano de marketing personalizado.

* Recomendamos que você crie um documento para registrar os principais pontos de cada etapa.

1. Objetivos

Comece respondendo à  pergunta básica deste projeto: O que você espera conseguir executando um plano de marketing para seu consultório? Pense no panorama atual do seu negócio e como você gostaria de que ele estivesse a médio/longo prazo. 

 

2. Dados Internos 

Na sequência, anote características do seu consultório. Registre os principais pontos que você considera que devem ser melhorados e os pontos mais favoráveis que já identifica na estrutura atual. Itens que podem te guiar: 

  • Missão e valores: qual é a razão de existência do consultório, identidade e principais características?
  • Diferenciais profissionais: quais são as suas qualificações e de sua equipe, caso trabalhe com mais especialistas?
  • Facilidades: quais benefícios você oferece aos pacientes em termos de localização, estrutura, convênios atendidos, tratamentos, preço, equipe, formas de marcar consulta e formas de contato?
  • Canais de comunicação: como você promove o consultório atualmente - perfil na Doctoralia, site, perfis em redes sociais, e-mails, panfletos, etc - e quais são os canais que melhor te ajudam a conquistar seus resultados até o momento?

 

3. Dados Externos 

Neste passo, você deve criar um registro do perfil do seu público e do mercado em que atua:

  • Perfil dos seus pacientes - Descreva brevemente o perfil dos pacientes que atende atualmente e do público alvo.
    O ideal é que esta questão seja respondida com o suporte de uma pesquisa, assim você conseguirá identificar mais a fundo aspectos como: faixa etária, prioridades do paciente quando busca um especialista na sua área, quem influencia suas escolhas sobre saúde, onde consome informações sobre saúde, etc.
  • Perfil da concorrência - Conhecer como se posiciona a concorrência te ajudará a encontrar seus diferenciais e te dará referências para definir seu posicionamento. A internet é um dos melhores campos para iniciar esta pesquisa, já que todas as informações são públicas. 
    Comece pesquisando por sua especialidade e cidade no Google e veja quem são os profissionais que aparecem entre os primeiros resultados. Você pode se focar na análise de 2 perfis e também procurar mais um profissional que seja referência na área.
  • Perfil do ambiente - Busque dados externos que podem ter influência direta no seu negócio, como a situação econômica do mercado de saúde (ex.: potencial de retração no próximo ano), hábitos do brasileiros em relação à saúde, aspectos econômicos na sua região, etc.
4. Balanço geral e definição do posicionamento 

A análise executada nos itens 1, 2 e 3 dará origem à sua matriz de planejamento, também conhecida como SWOT

Essa matriz te ajudará a identificar os principais fatores internos a serem trabalhados, os pontos externos em que você se destaca e os que demandam atenção, além de oportunidades em seu posicionamento de mercado.

Você deve encaixar cada um dos pontos de sua análise nessa matriz. Veja resumidamente como ela funciona:

  • Forças  - Fatores internos, que dependem de você. 
    Ex.: Seu tempo de atuação profissional endossa minha experiência e expertise na área.
  • Fraquezas  - Fatores internos, que também dependem de você. 
    Ex.: Seus recursos financeiros são pequenos para investir em marketing
  • Oportunidades  - Fatores externos, que não dependem de você. 
    Ex.: Os gastos em saúde cresceram e as novas gerações investem mais em qualidade de vida e vão mais ao médico.
  • Ameaças  - Fatores externos, que também não dependem de você. 
    Ex.: A média de preço praticada por especialistas da minha área é mais baixa.
planejamento - analise swot
5. Definição das estratégias 

Quando completar sua matriz de planejamento, você vai ter o diagnóstico do seu consultório. Não existe resposta certa e errada. O que existe é uma fórmula para te ajudar a definir seu posicionamento e seus diferenciais de mercado. Passamos então para a próxima fase: como colocá-lo em prática

quotes Olhe para as suas Forças e identifique como elas podem ajudar a destacar o seu negócio. E não se esqueça que elas também podem ajudar a minimizar os impactos das Ameaças.

Abaixo você encontra alguns canais de marketing online e como eles podem ser usados a favor dos objetivos que tem para o consultório.

  • Site e blog:
    Ter um site para o consultório será um suporte importante em seu marketing online, pois facilita que seja encontrado, promove sua credibilidade, além de ser uma ferramenta eficaz para gerar novas consultas, pois está em atividade 24 horas do dia. 
    Informações que não podem faltar: contatos, localização, referências profissionais, enfermidades e tratamentos, convênios e preço de consulta. Informações que ajudam agregar valor: avaliações de pacientes, artigos, resposta a dúvidas.
  • Perfil na Doctoralia
    A Doctoralia é uma plataforma importante para você se destacar aos pacientes. Pense em palavras-chave estratégicas para usar em seu perfil, responda a dúvidas e mensagens de pacientes e ative sua agenda online para ter mais visibilidade e melhorar sua reputação profissional. Tudo isso ajuda a estimular a conversão para novas consultas.
    Complete seu perfil ao máximo para torná-lo mais fácil de ser encontrado: foto profissional, imagens do consultório, especialidade e subespecialidades, experiências, serviços, artigos e histórico profissional. Estimule as opiniões de seus pacientes e participe do Pergunte ao Especialista. 
  • E-mail e mensagens de texto
    O email/ SMS marketing é uma das estratégias mais efetivas no mundo do marketing digital. Comece pedindo o e-mail de seus pacientes, estabeleça uma periodicidade no envio, divida seu mailing entre pacientes atuais/ pacientes antigos/ potenciais pacientes, seja relevante no conteúdo e sempre inclua o link para marcação de consultas online no corpo da mensagem. 
    Lembre seus pacientes atuais sobre exames periódicos e Informe sobre novos procedimentos oferecidos no consultório e novidades em sua área de atuação.
6. Metas 

Definido seu plano tático e  a forma como você vai se comunicar em cada canal, o próximo passo é pensar nas metas: definições práticas e com prazo determinado de como você vai aplicar sua estratégia e chegar aos seus objetivos. 

Metas devem ser pensadas a curto, médio e longo prazo.

  • Exemplos de metas a curto prazo:
    - Ter meu perfil na Doctoralia 100% completo.
    - Pedir o e-mail dos pacientes para montar um mailing para campanhas.
    - Criar um perfil no Instagram.
    - Publicar respostas no serviço de “Pergunte ao Especialista”.
    - Atualizar perfil nas redes sociais e gravar vídeos informativos.
    - Responder solicitações de pacientes.
  • Exemplos de metas a médio prazo:
    - Criar site para meu consultório.
    - Montar planejamento financeiro para anúncios no Google.
    - Realizar evento de relacionamento no consultório para fidelização dos pacientes
  • Exemplos de metas a longo prazo:
    - Analisar resultados das pesquisas feitas sobre meu serviço e implementar mudanças.
    - Preparar palestras informativas no bairro e online. 
    - Executar campanha de captação no Google.
    - Manter a qualidade das avaliações online no Google e na Doctoralia.
    - Aumentar base de pacientes do consultório em 25%.
7. Mensuração 

Para finalizar, é importante medir o resultado das suas ações com frequência e avaliar se elas estão funcionando, ou se precisam de ajustes. E não se assuste: como o marketing não é uma ciência exata, ajustes e novas ideias são sempre bem-vindos, desde que aplicados com um direcional.

Veja alguns exemplos:

A) - Objetivo: Ser fonte de informação e referência na internet

- Mensuração: número de acessos ao meu perfil na Doctoralia; aumento no número de mensagens/ ligações sobre o preço da consulta, localização do consultório, horários ou informação sobre algum tratamento ou enfermidade;  Visualização dos meus vídeos.

B) - Objetivo: Aumentar as recomendações para meu consultório 

- Mensuração: taxa positiva de avaliações na Doctoralia; aumento de NPS; compartilhamento do conteúdo que produzo em minhas redes sociais e site.

Esperamos te ajudar nesta importante trajetória para o crescimento do seu consultório!