smartfonizacja

Os brasileiros - e o resto do mundo - está em frenesi depois da popularização dos smartphones e das possibilidades que os celulares com Internet trouxeram para nosso dia a dia - e seria um pecado você não aproveitar essa oportunidade para promover o seu consultório.

Nos 'smartzamos'

Em julho deste ano, o Cetic.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil) divulgava que o acesso à Internet por celulares já havia ultrapassado o acesso por computadores. Das 120,7 milhões de pessoas que acessaram a rede no período analisado, 49% usaram somente o celular, apenas 4% o computador e 47% ambos os dispositivos.

Em um ritmo acelerado, smartphones estão substituindo computadores pessoais e já atingiram um grau de maturidade e de recursos que nos permite tratar muitos assuntos e o melhor, com mobilidade: navegar na Internet, conectar o GPS, enviar e-mails, usar serviços bancários e acessar redes sociais… agora temos acesso ao mundo com alguns cliques e de onde estivermos.

Essa nova realidade se refletiu em quase todos os setores, inclusive na saúde. Na Doctoralia, acompanhamos isso claramente: hoje, mais de 70% do tráfego da plataforma no Brasil já vem de telefones móveis.

O que isso significa para clínicas e consultórios?

Os celulares com acesso à Internet chegaram para ficar e representaram uma mudança grande no comportamento das pessoas. Reconhecer e se adaptar a essa transformação é um trunfo de ouro para gestores de clínicas e consultórios.

Hoje, profissionais da saúde já recebem no consultório pacientes muito mais informados, mais acostumados a avaliar o atendimento que receberam e a compartilhar as suas experiências publicamente.

Eles também têm aposentando as ligações, são cada vez mais imediatistas e estão deixando de lado as barreiras horárias para realizar as suas necessidades.

Segundo um estudo da consultoria Provokers feito com exclusividade para o Google Brasil, o hábito de parar e sentar para pesquisar no desktop deixou de ser predominante, dando lugar a interações rápidas e fragmentadas via dispositivos móveis.

Uma mudança de hábitos que demanda também transformações no setor:

icons8-checked-checkbox-30-1Mais do que nunca, o site de clínicas e consultório deve ser pensado para celulares e estar adaptado para ter boa visualização na tela destes dispositivos. Ainda que cumpra todas as boas práticas e tenha informação útil, ele perde sua utilidade se for ilegível em um telefone móvel. Considere que um usuário decide em segundos seguir ou não navegando em um site.

icons8-checked-checkbox-30-1 Também é importante pensar nos e-mails, porque muitos pacientes já o leem pela tela do smartphone. Se você envia campanhas ou comunicados por e-mail, leve isso em conta: evite parágrafos sem fim, imagens maiores do que o tamanho da tela, faça frases curtas, use bullets para organizar as informações e sempre, sempre faça testes antes de mandá-los. Muitas vezes, o e-mail será lido em um ambiente onde existe muita dispersão, por isso é básico garantir que ele esteja bem preparado.

icons8-checked-checkbox-30-1Por fim, vale à pena adotar um sistema onde os pacientes possam pedir hora com o especialista pelo smartphone. Além de muitos já não gostarem de ligar por inúmeras razões, o mobile os deu a possibilidade de marcar a consulta de onde quiserem e a hora que quiserem. Ter só um método de agendamento por telefone e restrito ao horário comercial já se traduz em perda de oportunidades.

O smartphone ainda é um celular

Ainda que sejam "computadores em miniatura", os smartphones não deixaram de ser um celular. E como estão sempre conosco, se tornaram também os melhores dispositivos para comunicação, com destaque para os aplicativos de mensagem, como WhatsApp e SMS. Por isso, também vale à pena usar esses recursos!

icons8-checked-checkbox-30-1Um simples lembrete por mensagem reduz em até dois terços a porcentagem de pacientes que se esquecem da consulta e deixam de aparecer sem avisar.

icons8-checked-checkbox-30-1Um estudo do setor realizado em 2017 - Patient-Provider Relationship - identificou ainda que 80% dos pacientes gostariam de receber mensagens de texto do seu especialista - e 84% deles consideraram a comunicação entre as consultas muito importante. Hoje já é básico considerar formatos de campanhas e comunicados que possam ser abertas pelo celular dos pacientes - como é o caso das mensagens que os especialistas podem mandar por sua Agenda Doctoralia.

As tendências indicam que os smartphones irão constantemente evoluir e se converterem em um dispositivo pessoal do nosso dia a dia. Vale à pena agora apostar em ações para os smartphones na sua prática.