nov 26, 2020

Nutricionista fala sobre mercado de trabalho e diferenciais na carreira

Nutricionista Nathalia  Ramos

Nathalia Ramos se formou em nutrição há menos de 4 anos e já usufrui de uma imagem profissional bem consolidada na internet - e fora dela. Como ela conseguiu se estabelecer em tão pouco tempo e em um mercado concorrido como o da capital Goiânia? 

Experiência única e individualizada aos pacientes e o fato de nunca deixar de se especializar são os diferenciais, segundo ela. 

Mas vimos nessa entrevista outros elementos importantes que ela somou à sua trajetória: Nathalia tem controle e autonomia total sobre a gestão da sua carreira - dos gastos à forma como se posiciona no mercado -, foi sempre muito flexível, inclusive durante a pandemia, e nunca deixou de lado a sua imagem profissional. Confira a seguir e acompanhe os destaques da entrevista no vídeo ao final!

Em quais diferenciais você investiu para começar no mercado de trabalho? Você fez algum planejamento de carreira?

Eu me formei em Nutrição 2016, pela Universidade Federal de Goiás, e na sequência comecei uma pós em Nutrição Esportiva e Fisiologia do Exercício. Como sempre soube que eu queria consultório, logo subloquei uma sala e comecei a atender.

Hoje em dia vejo que me precipitei um pouco ao começar em consultório tão cedo - porque ainda não tinha uma carteira sólida de pacientes e um nome no mercado -, mas eu sempre fui muito atrás. 

Depois dessa primeira experiência atendendo, passei por uma uma empresa de nutrição, trabalhei um ano em parceria com um médico e, há pouco mais de 3 meses, voltei a trabalhar por conta própria e está sendo muito melhor do que eu esperava.

Acredito que as redes sociais e a internet possibilitam que nós cheguemos a muitas pessoas de outras cidades e até outros estados de uma forma maior do que antigamente.


doctor-profile-pic

Hoje você administra a sua carreira sozinha? Conte um pouco como se organiza.

Sim, hoje eu sou totalmente responsável pela minha carreira. Sou a secretária, a pessoa do marketing, a profissional que atende e monta a dieta, que planeja posts nas redes sociais e o financeiro. Meu rosto está em todos os lugares, diverte-se.

É desafiador mas, ao mesmo tempo, eu faço meus próprios horários e tenho muita autonomia.

Recentemente eu também passei a contar com a ajuda de uma estagiária para manter meu perfis nas redes sociais (Instagram e Facebook) e também fiz um curso para me ajudar a organizar a parte financeira, gastos com aluguel, CRN, investimento em marketing, brindes.

Além disso, ainda gosto muito de usar papel e caneta mas, desde que entrei na Doctoralia adotei a agenda online da plataforma para fazer a gestão do consultório e o contato com meus pacientes. É muito prático.

Qual foi sua estratégia para estabelecer o valor de seus atendimentos? 

Desde que me formei eu nunca quis atender por plano de saúde, principalmente por experiências pessoais que tive. 

Com isso, eu comecei cobrando o valor mínimo permitido pelo meu Conselho e, a medida em que me especializava e aumentava a minha experiência, ia fazendo reajustes no eu comissionamento. 

Desde que comecei esse valor já subiu mais de 90%. Além disso, faço alguns trabalhos sociais para ajudar pacientes que não têm condições em determinados momentos.

E de que outra forma a Doctoralia contribuiu no seu dia a dia de trabalho?

Eu estou na Doctoralia há um ano, mas antes de entrar sempre acabava caindo na plataforma quando buscava algum profissional de saúde. Gostava muito de ver os comentários nos perfis desses profissionais e acho que transmitem credibilidade.

Depois que me tornei Premium na plataforma, notei que minha visibilidade aumentou muito à medida em que eu deixava meu perfil mais completo e me tornava mais ativa - respondendo opiniões, perguntas, etc. 

 

Quando peço feedback aos pacientes sobre como me encontraram, muitos mencionam a Doctoralia. Acho que a plataforma ajuda a gerar confiança entre quem não me conhece e deseja um atendimento.

Também uso a agenda online da plataforma para fazer a gestão do consultório e o contato com meus pacientes, pela praticidade e, recentemente ativei as notificações para deixarem opiniões.

No começo eu fui resistente a esses pedidos automáticos e demorei em ativá-los. Agora que tenho o serviço vejo que ele facilitou muito meu trabalho! Devo ter recebido umas 10 opiniões de uma só vez.

O profissional de Nutrição já deixou de ser visto apenas como um especialista em emagrecimento. Você nota que a procura por nutricionistas aumentou por conta disso? 

Com certeza. Quando eu comecei a atender os pacientes me procuravam muito para perda de peso. Hoje eu noto que o objetivo de emagrecer e secundário e eles estão mais conscientes e preocupados com a alimentação para cuidar da saúde e ganhar longevidade. Eles veem mais a alimentação como forma de prevenção.  

E como ficaram seus atendimentos durante a pandemia? Teve que adaptar algo?

Sim. Antes da pandemia os Nutricionistas não podiam atender primeiras consultas de forma online e essa foi a primeira grande mudança autorizada pelo nosso Conselho durante a pandemia. E claro, no consultório tivemos que nos adaptar a todos protocolos de segurança, como o uso de máscaras e álcool em gel.

"O atendimento online cresceu muito e me possibilitou atender pacientes do mundo inteiro"

Mesmo agora, com a flexibilização do isolamento social, muitos dos meus pacientes permaneceram online pela questão da comodidade. O atendimento online cresceu muito e me possibilitou atender pacientes do mundo inteiro

E ainda falando sobre a pandemia, você nota que os pacientes ficaram mais ativos na internet a partir desse período? 

Com certeza, a procura aumentou muito pela internet. Quando os pacientes percebem que ofereço telemedicina muitos querem ser atendidos dessa forma pela comodidade. 

Por isso, na Doctoralia eu ofereço as 2 formas de atendimento: presencial e online.

E para fechar: qual você acredita ser o seu diferencial para ser tão bem avaliada pelos pacientes?

Eu gosto muito de ter proximidade com o paciente e acredito que minha personalidade ajude bastante. Acho muito importante conversar e entender todas as dores da pessoa em cada atendimento.

Foi por isso, inclusive, que optei por não atender convênios. Quando entra no meu consultório, eu espero que o paciente tenha uma experiência muito positiva e priorizo muito o atendimento humanizado. 

 

Conte com a Doctoralia na sua rotina de trabalho!

Tenha uma plataforma completa para todos os momentos de sua carreira:  da visibilidade profissional à gestão dos seus pacientes e consultas. 

Saiba mais