Médico influenciador

Blogueiros, youtubers e instagramers invadiram nossa vida nos últimos anos e hoje é quase impossível conhecer alguém que não tenha admiração por uma dessas figuras que cresceram na internet.

Basta pensar no seu feed do Instagram: quem é a personalidade que você adora seguir e que se tornou a sua referência para determinado tema? Que mesmo sem conhecer pessoalmente, fala de assuntos que se encaixam perfeitamente com o seu momento de vida?

Esse alguém certamente é um influenciador digital.

Ao contrário do que muitos profissionais de saúde acreditam, a influência digital não se mede pelo número de likes e shares em uma rede social. Quando investimentos em conteúdo pago, por exemplo, ganhamos alcance, impactamos a mais pacientes, mas não estamos necessariamente sendo influentes.

Somos influentes quando conseguimos motivar atitudes ou pensamentos. Ações na vida real das pessoas. É por isso que os influenciadores têm um papel social tão importante.

Nesse quesito, médicos e demais profissionais da área contam com um grande privilégio na cadeia da influência: são especialistas em um tema que interessa e impacta todo ser humano na terra, a saúde.

O papel que desempenham e o conhecimento adquirido durante a formação têm um peso muito grande na sociedade, fazendo desses profissionais referências seguras e confiáveis a serem seguidas.

É claro que levar essa influência para o ambiente digital exige encontrar os gatilhos corretos para dialogar com o paciente digital.

Por exemplo: a internet aprofundou a relação dos influenciadores com a sua audiência e hoje, as pessoas não querem apenas conhecer a opinião do especialista sobre determinado assunto. Elas querem saber quem está por trás daquela opinião, o que come no café da manhã, que livro está lendo ou se recicla o lixo…

Diferente da época em que a televisão e o show business construíam a imagem dos nossos influenciadores, a internet os fez mais reais e os aproximou de nós. Atingimos um nível de maturidade em que já buscamos pessoas para seguir que compartilham valores parecidos, e mostram quem realmente são, não pessoas perfeitas. Do contrário, essa imagem não se sustenta.

Além dessa autenticidade, também fala-se muito sobre a voz que levamos para a o ambiente online. Qual é o seu arquétipo? Como você se comunica?

Você é do tipo que se mostra como uma pessoa comum e prefere dialogar de igual para igual com os pacientes? Ou tem mais o perfil de herói, que gosta de motivar os pacientes com frases inspiradoras e palavras sábias?

Conhecendo essa voz, é possível encontrar os seus melhores gatilhos para falar com os pacientes, além de criar conteúdos com mais chances de êxito.

Por fim, médicos que incentivam o diálogo, que participam das discussões e valorizam as interações dos pacientes também tendem a ser mais bem-sucedidos na trajetória da influência.

Bônus

Teste como está a sua presença profissional na internet - e seu potencial de influência entre os pacientes! Receba uma análise do seu perfil, com recomendações para expandir sua presença no ambiente online.

Teste de presença digital