Dr. Murilo Oliveira de Almeida -2

A área de Traumatologia é conhecida pela rotina exigente dos profissionais. O tempo está fracionado entre os atendimentos clínicos e cirúrgicos, as cargas de trabalho são altas, assim como demanda por especialização. Nada que fuja à regra para doutor Murilo Oliveira de Almeida.

(Foi justamente aproveitando a pausa de um plantão que encontramos uma brecha para entrevistar ao especialista, às 7h30).

Formado há 11 anos pela Escola Superior de Ciências da Saúde, em Brasília, Murilo concluiu a especialização em cirurgia do quadril e hoje está à frente da Clínica do Esporte, em Goiânia. Há quase 2 anos na Doctoralia, ele conta em que momento a Internet tornou-se uma necessidade profissional e como dá conta de atender as demandas da Geração Uber em seu consultório.

Quais foram seus principais desafios para se estabelecer profissionalmente?

Estou formado há 11 anos, mas a estabilidade profissional, naturalmente, não veio desde o começo. Eu sou do interior de Goiás, estudei Medicina em Brasília e, depois de formado, voltei para a minha cidade para atuar como Clínico Geral. Quando cheguei, me deparei com um mercado bastante difícil, com poucas oportunidades, e isso me levou de volta a Brasília para concluir minha residência. Só então voltei como ortopedista especializado, e dessa vez para uma cidade maior, Goiânia.

Durante essa retomada, trabalhei muito como plantonista em hospitais privados, atendia também em hospitais públicos e, ao mesmo tempo, fazia minha especialização em cirurgia do quadril. Foi nessa época em que comecei a aparecer no mercado e entrei para a equipe de cirurgia de quadril no CRER, um centro de referência da região, que me abriu ainda mais portas.

Hoje eu sou sócio em uma grande clínica na cidade, a Clínica do Esporte, e foi justamente nesse momento em que a Doctoralia entrou na minha carreira.

Como foi incorporar a Doctoralia na sua trajetória profissional?

Foi justamente quando me tornei sócio na Clínica do Esporte. Eu me dei conta que muitos dos meus pacientes eram jovens e que, assim como eu, também deviam usar a Internet para tudo, inclusive para buscar o médico.

Daí veio a ideia de começar a construir minha presença profissional online: me tornei um profissional mais digital no momento em que senti a necessidade de promover o meu trabalho.

Nesse processo eu encontrei a Doctoralia. Já faz quase 2 anos e estou bastante satisfeito.

E você realmente comprovou sua suspeita sobre os pacientes estarem mais ativos na Internet?

Dr Murilo Almeida - YouTubeSim. Ao menos em Goiânia.

quotesVejo que o hábito de buscar profissional pela Internet é relativamente recente, mas é muito evidente. Eu sinto que o paciente está cada vez mais online.

Hoje, além do perfil na Doctoralia eu tenho um site e trabalho em redes sociais, como Instagram, YouTube e Facebook.

Você conquistou uma reputação profissional muito bem avaliada na Internet. Que conselhos daria a outros profissionais?

Além do nível técnico e do profissionalismo, obviamente, eu acredito que o principal seja ter tempo para o paciente e orientá-lo bem durante o atendimento.

quotesEu costumo brincar que os pacientes de hoje são parte da Geração Uber, porque eles estão cada vez mais imediatistas. Querem marcar a consulta para o quanto antes e querem ser atendidos na hora. Se não gostam do atendimento, deixam um feedback online no mesmo instante e isso pode manchar a sua reputação para sempre.

Por isso diria que é importante pensar que não basta ter o perfil na Doctoralia, querer colocar 60 pacientes na agenda e não dar conta de atender a todos. Um bom planejamento da agenda faz toda a diferença.