Coronavírus: 4 dicas para a gestão de hospitais, clínicas e consultórios

A rápida disseminação do Coronavírus nos últimos meses criou um desafio histórico para o sistema de saúde mundial, exigindo ainda mais dedicação, atenção e disciplina por parte de profissionais da saúde de diversas especialidades, assim como de gestores de clínicas e hospitais. Afinal, o isolamento social não deve ser uma barreira para que os atendimentos médicos continuem acontecendo.

Um dos primeiros e mais relevantes problemas enfrentados por consultórios e centros médicos durante a pandemia da Covid-19 é a segurança dos pacientes e colaboradores. Neste sentido, é fundamental otimizar o gerenciamento de seu estabelecimento de saúde para que, assim, os profissionais se concentrem no mais importante: garantir a saúde e bem-estar dos pacientes

Entendemos que este é um assunto delicado e que a crise associada ao coronavírus implica em problemas globais que não podem ser abordados com a devida profundidade em um único artigo. Por essa razão, colocamos nossa expertise em marketing digital médico à sua disposição neste artigo, compartilhando ideias, recomendações e sugestões direcionadas à comunicação com o paciente e o uso da tecnologia como aliada no combate ao coronavírus

1. Ofereça informações relevantes em suas plataformas digitais e redes sociais

Como seus pacientes confiam em você, ou sua clínica, e o consideram uma autoridade em questões de saúde, fornecer informação de qualidade é essencial. Especialmente em momentos como os que estamos vivendo atualmente, em que é comum que as pessoas se sintam assustadas ou confusas e busquem fontes confiáveis de dados, colocar-se à disposição para esclarecer dúvidas é um ato de responsabilidade social.

Um canal que reúne perguntas comuns de pacientes e oferece aos médicos e especialistas da saúde a chance de respondê-las é o Pergunte ao Especialista, no marketplace da Doctoralia. Por reunir depoimentos de diversos profissionais - que aumentam sua visibilidade online -, a ferramenta evita a disseminação de fake news e serve como um confiável recurso de buscas para a população.

Outra sugestão é produzir um conteúdo que leve em consideração as prioridades do seu centro médico e seja focado nas necessidades dos pacientes. Após a criação do material, o indicado é divulgá-lo em seu site e redes sociais para que os pacientes possam acessar em primeira mão. Este tipo de prática também ajuda a gerenciar o tempo das secretárias, que não precisam mais atender a várias ligações telefônicas ou responder diversas mensagens relacionadas às mesmas preocupações. 

Além disso, pensando em facilitar o trabalho de educar os pacientes a respeito da Covid-19, a Doctoralia reuniu dados atualizados e confiáveis em uma página contendo tudo sobre o coronavírus. Fique à vontade para compartilhar ou usar como base para conteúdos autorais. 

2. Mantenha uma comunicação ativa com seus pacientes

É natural que muitos de seus pacientes ainda não entendam o motivo de certas precauções, do adiamento de consultas e tratamentos ou a mudança na dinâmica de seu consultório. Embora possa parecer óbvio para você, procure explicar de maneira simples e detalhada cada uma das alterações e medidas de segurança que estão sendo colocadas em prática, com o suporte dos conteúdos que citamos no item anterior.

Ao mesmo tempo, é possível que alguns dos pacientes que não podem ter o atendimento interrompido - já que passam por tratamentos vitais - sintam receio de sair de casa. Nesses casos, seja compreensivo e explique a situação com cautela, evitando mencionar os riscos da não realização do atendimento e, em vez disso, concentrando-se nos benefícios da conversa com o profissional.

3. Utilize e-mail e SMS para personalizar suas mensagens

Assim como o site e as redes sociais são ótimos canais para a divulgação de informações ao público em geral, o e-mail e o SMS são efetivos no envio de mensagem personalizadas à sua base de clientes. 

É possível enviar orientações direcionadas às pessoas com mais de 60 anos - visto que fazem parte do grupo de risco - atualizar os pacientes de um determinado especialista sobre a possibilidade de consultas online ou simplesmente ajudar a aliviar a ansiedade daqueles que passam por tratamentos delicados. Considere que, durante esse período, a proximidade com seus pacientes será altamente valorizada.

Ao dividir o envio por grupos, você garante personalização ao mesmo tempo que economiza tempo, já que não precisa se comunicar com cada um individualmente.

4. Aproveite todo o potencial das ferramentas digitais

Pensando em facilitar o contato entre médicos e pacientes, o Ministério da Saúde passou a reconhecer a telemedicina, em Portaria de nº 467/2020, durante o período de contenção da covid-19. Esta é uma excelente oportunidade para seu hospital, clínica ou consultório fazer a diferença no combate ao coronavírus, salvando vidas

Ao oferecer consultas online, você protege a saúde de todos - sua, de pacientes e de colaboradores -, além de reduzir a sensação de medo, evitando que saiam de casa. Especialistas acreditam que a situação no Brasil está prestes a se intensificar, e, com isso, o número de paciente interessados nesta alternativa já está crescendo exponencialmente

A Doctoralia Brasil deseja mostrar apoio e solidariedade com profissionais da área e espera ajudar no combate a essa pandemia. Por isso, já disponibilizamos uma ferramenta única de telemedicina em nosso software, tanto para profissionais individuais e centros médicos menores, como para grandes clínicas e hospitais. 

Telemedicina da Doctoralia no combate ao coronavírus

Em paralelo, estamos totalmente focados no desenvolvimento de novas alternativas que tragam real valor para a gestão de estabelecimentos da saúde. Vamos, juntos, reduzir a progressão da Covid-19 no Brasil!