dicas-posicionamento-site.jpg

Se você chegou até este artigo é porque sabe, ou tem interesse em saber, o quanto é básico estar na Internet hoje para atrair mais visibilidade ao seu consultório.

No entanto, para ter êxito neste universo é importante ter noções básicas de como aplicar estratégias de otimização ao seu site ou blog profissional.

Para começar, é importante saber que o Google é o buscador mais usado hoje no Brasil e no mundo - muito à frente de plataformas como Bing e Yahoo - e por isso nos focaremos nas técnicas de posicionamento segundo seus algoritmos. Falaremos sobre como elaborar e executar uma estratégia de SEO no Google para melhorar o posicionamento nas buscas por essa plataforma:

SEO.pngO que é SEO?

Esta sigla faz referência ao termo em inglês Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca, e você irá vê-la muitas vezes se estiver interessado em aprimorar a qualidade do seu site. Representa o conjunto de técnicas e estratégias que são aplicadas para garantir o melhor posicionamento de uma página no Google e podem ser entendidas em duas categorias:

- SEO on-page: melhorias que você pode fazer internamente em seu site ou blog, pensando em: aprimoramento de keywords, qualidade das páginas, tempo de carregamento, experiência do usuário, formato dos links, etc.

- SEO off-page: está relacionado a melhorias externas que contribuem para melhorar seu site. Aqui entram a quantidade e qualidade de outros sites que apontam para o seu, sua presença em redes sociais, o número de pessoas que acessam suas páginas todos os meses, etc.

poder-seo.pngO poder do SEO

Mecanismos de SEO bem aplicados tornam seu site ou blog mais útil para os usuários e para os motores de busca do Google. Implementar uma estratégia de SEO ajudará que os boots do Google - seus robôs de rastreamento - compreendam do que se trata o conteúdo que você oferece e assim classifiquem e pontuem a sua página, atribuindo-lhe um posicionamento mais alto ou baixo.

google-find.pngAjude o Google a encontrar o seu site

O trabalho de SEO requer uma série de conhecimentos específicos - o que leva alguns profissionais a contratarem agências especializadas para cuidar dessa tarefa. No entanto, existem as premissas mais importantes que você deve conhecer para saber gerenciar bem o desempenho do seu site e até mesmo construir seu trabalho de SEO por conta própria.

O primeiro a se ter em mente é que o trabalho de posicionamento não acontece de um dia para o outro. Na Doctoralia, por exemplo, estamos entre as melhores posições quando um paciente busca por "especialidade + cidade"porque contamos com uma equipe trabalhando diariamente na otimização da plataforma.

boas-praticas-seo.pngBoas práticas na estratégia de SEO

1. Faça uma lista de palavras-chave: escolher as palavras certas é muito importante para o Google ler o seu conteúdo. Por isso, antes de começar a produzi-lo você deve analisar as palavras-chave que vai utilizar com mais frequência para construir a sua estratégia de SEO. Pense em como você deseja ser encontrado nas buscas e trabalhe nesses termos.

2. Teste as palavras-chave utilizadas pelos usuários para encontrarem seu site: saber como os usuários chegam atualmente até você é uma das maneiras mais simples de orientar seus esforços em relação a posicionamento. Se você ainda não tem um site, conferir os insights de seus concorrentes pode te dar boas ideias.

3. Crie conteúdo em torno de suas palavras-chave: depois que tiver sua lista de palavras-chave e uma ideia mais clara de como os usuários te encontram, pense em conteúdos consistentes que contemplem o uso destas palavras. Não se trata incluí-las aleatoriamente e "escondidas" no site, mas sim de maneira coerente. E lembre-se que conteúdos repetidos ou milhares de páginas com conteúdos curtos (em média 200 palavras), vão trabalhar menos em favor do seu site.

4. Promova seu conteúdo: compartilhe o link do seu site e os artigos que você cria para aumentar o seu tráfego. Use suas redes sociais, divulgue por newsletters, adicione-os em sua assinatura de e-mail e em seu perfil na Doctoralia.

5. Gere links para seu site: seguindo o item anterior, ter um link do seu site referenciado em sites ou blogs terceiros também colabora para que os robôs do Google entendam sua relevância. Esta estratégia é chamada linkbuilding, que consiste em gerar links de qualidade de páginas externas às suas próprias. Se você promove seu site em seu perfil na Doctoralia, que é um site relevante e com grande tráfego, isso conta pontos em favor do seu posicionamento, por exemplo. Ou então se você colabora para um site parceiro e tem seu domínio publicado neste canal.

6. Otimize

Localizador de palavras-chave: a maioria dos sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS), como o Wordpress, por exemplo, possui plugins que te ajudam a otimizar o seu conteúdo de forma simples e sem a necessidade de conhecer os códigos de programação. Aqui você conhece algumas sugestões oferecidas pelo Wordpress.

Título: na linguagem dos programadores, o título se encontra no cabeçalho da página "<head >", entre as etiquetas "<title ></title >". Além de diferenciar seu assunto do corpo da mensagem, essa etiqueta irá converte-lo também no assunto principal da respectiva página. Será ainda o que o Google vai mostrar em destaque quando seu site aparece em uma busca.

Metadescrição: este seria o resumo do conteúdo de uma página e o que aparece como a linha fina dos resultados de busca. Deve ser um texto breve que sintetize o que o usuário irá encontrar, com média de 150 caracteres. Assim como o título, também se encontra no cabeçalho de sua página.

otimizacao-seo.png

Imagens: Para que os robôs do Google identifiquem de que se trata sua imagem - e se ela tem relevância com o assunto principal do site - sempre nomeie-a com um título relevante e que contemple as palavras-chave que você definiu, preferivelmente. Suponhamos que você tem uma página sobre alimentação saudável: evite subir fotos com títulos como IMG001- que não dizem nada aos motores de busca - e pense em nomes mais amigáveis, como dicas-dieta-saudável. Além disso, tenha cuidado com imagens muito pesadas que podem comprometer o carregamento da página e que contam contra sua estratégia de posicionamento.

7. Site responsivo: por fim, tenha certeza de que o seu site será bem visualizado em qualquer dispositivo: seja de um celular ou de um computador, as proporções da página vão se ajustar automaticamente para a boa leitura dos usuários. Hoje a maioria dos sistemas de gerenciamento de conteúdo já estão preparados para automatizar a visualização, mas ainda assim é comum vermos sites antigos que não estão adaptados.

Resumindo, é importante que você tenha uma visão global de seu site e avalie se ele oferece uma boa experiência geral aos usuários, um das fatores que o Google leva mais em conta. E caso pense em renovar ou criar um novo site, não deixe de ler este artigo.