foto-perfil-internet-doctoralia-medico.png

Em 40 milésimos de segundo já somos capazes de tirar conclusões sobre uma pessoa com base em sua foto de perfil - e essa primeira impressão tende a ser duradoura, mesmo depois que a conhecemos pessoalmente. É o que revela um estudo recente conduzido pelo Psychological Center.

Quando transportamos os resultados deste estudo à realidade médica, isso significa ser mais ou menos atrativo a um potencial paciente na Internet. Como o contato pessoal não existe, o apelo visual ganha muito mais força, pois passa a ser nossa referência mais importante. 

Muitos especialistas investem tempo e trabalho para apresentar um bom conteúdo, mas se esquecem de pensar em uma boa foto de perfil. E será justamente essa foto o primeiro contato do paciente com o profissional e o que o fará decidir, muitas vezes, se seguirá em frente com a visita.

Entre os profissionais cadastrados na Doctoralia, por exemplo, sabe-se que um perfil completo acima dos 75% - e isso inclui uma boa foto - duplica as chances do profissional atrair novos pacientes.

Sabendo dessa importância, selecionamos algumas técnicas recomendadas por profissionais que te ajudarão acertar com sua foto profissional.

doctoralia-foto-perfil.jpgSim, existe uma ciência por trás de uma boa foto:

Angulação: Busque que seu rosto ocupe, ao menos, 60% da área da imagem e procure incluir os ombros. Se preferir, você também pode usar uma foto da cintura para cima. Neste caso, manter costas eretas, barriga para dentro e peito para fora melhora tudo. Já as fotos de corpo inteiro, ou em que você apareça acompanhado de outras pessoas devem ser evitadas, assim como imagens fora do contexto profissional, como em viagens ou eventos.

Fundo: para garantir que a sua imagem realmente esteja em primeiro plano, procure um fundo discreto e com poucos elementos. Isso evita que seu rosto seja ofuscado por outros componentes da paisagem.

Iluminação: além do fundo, a iluminação faz toda a diferença e pode salvar ou arruinar uma foto. Existem muitas técnicas profissionais para conseguir uma boa luz, mas a dica básica é: busque uma iluminação natural, livre de sombras e evite o flash.

Personificação: passar uma imagem real de seu perfil é muito importante, ou seja, que realmente transparessa como você é no consultório. Ser percebido de maneiras muito diferentes real e virtualmente pode frustrar o paciente e até mesmo fazê-lo questionar a credibilidade do profissional. Por isso, mantenha sua foto sempre atualizada e fiel à como você é no dia a dia de trabalho. 

Expressão: complementando a dica acima, seja natural. Sorrir não é obrigatório, mas sempre ajuda a transmitir mais receptividade. Se sorrir, busque mostrar os dentes. Outra coisa importante é nunca bloquear os olhos e mirar sempre em direção à lente.

Dress code: Como profissional de saúde, procure a mesma formalidade e seriedade que você leva ao consultório. Evite acessórios em excesso, óculos de sol ou chapéus. Sua imagem deve refletir sua aparência no trabalho, e não em um evento social.

Teste seus resultados: Hoje já existem aplicativos que te ajudam a avaliar a qualidade de sua foto de perfil, como é o caso do Photofeeler. A análise é feita gratuitamente com o suporte de outros usuários e existe uma categoria destinada somente às fotos profissionais.

Seguindo essas técnicas você dará um passo importante para melhorar sua primeira impressão aos pacientes. Mas claro, nunca pare por aqui! Você pode fazer muito mais para conquistar uma boa reputação digital e, se deseja seguir em frente, veja mais dicas neste artigo e em nosso Academy.

Gostou deste artigo? Compartilhe-o em suas Redes Sociais!