pagina-web.jpg

Produção de conteúdo é uma atividade que vai além do mitiiê médico, mas é especialmente relevante nessa profissão que trata de um tema tão popular como a saúde. Bons conteúdos elevam o tráfego dos seus canais, melhoram sua reputação, além de te dar visibilidade entre novos pacientes.

Na Internet as vantagens são ainda maiores, já que seu conteúdo não precisa exatamente ser um texto. Seu conhecimento pode ser traduzido e distribuído de muitas maneiras, entre um artigo para blog, vídeo para redes sociais, infográficos ou newsletters para sua base de contatos, por exemplo.

icon_idea.png Como encontrar o tema ideal

  • Em geral, somos mais atraídos por conteúdos que exploram os assuntos do momento ou soluções para o nosso dia a dia prático. A saúde tem tudo a ver com isso, pois influencia toda a nossa rotina: do que comemos à maneira que nos sentamos.
  • Explore descobertas e novos estudos da área para encontrar formas interessantes de abordar sua especialidade e conte com ferramentas como o Google Trends e o Trends Map para identificar quais são as discussões mais relevantes do momento na Internet.
  • Outra dica é usar seus próprios pacientes para descobrir temas de interesse. Faça pesquisas - que podem ser rapidamente aplicadas na recepção, ou enviadas por e-mail. Além disso, monitore perguntas da sua especialidade enviadas no Pergunte ao Especialista para conhecer as principais dúvidas de pacientes.

icon_changes.pngComo explorar novos formatos

  • Como mencionado, a produção de conteúdo não precisa estar limitada a um texto. Aliás, se você tem uma página no Facebook, um vídeo ou um infográfico podem funcionar muito melhor para essas redes sociais.
  • Além disso, há diversas técnica para formatar seu conteúdo. Você pode criar listas com “10 dicas sobre…”, hangouts ao vivo com pacientes, webseries onde fala sobre um tema específico em vários episódios, pílulas de conteúdo em que responde um dúvida por dia... O mais importante é focar-se na solução, nunca apelar para o lado negativo.
  • Procure também sempre imagens para dar “cara” ao seu conteúdo. Além de estimularem os compartilhamentos nas redes sociais, elas ajudam os pacientes criarem mais conexão com o que você está dizendo.

icon_work.pngComo colocar a produção em prática

  • Antes de começar a criar, organize suas ideias em tópicos e resuma em poucas palavras: “Qual é a sua história”? Esse exercício vale para todos os formatos de conteúdo porque te ajudará a encadear uma linha de pensamento e ser mais claro e objetivo.
  • Outra dica é ter um cuidado especial com os títulos e com as chamadas de ação. Às vezes passamos muito tempo dedicados ao “recheio” e não damos relevância a essa parte, que será das mais importantes para atrair a atenção do paciente. Busque títulos claros, consistentes e que contenham palavras-chave do seu conteúdo para ser fiel ao tema.
  • Na hora da revisão, deixe a cabeça esfriar antes de avaliar o resultado final. As pausas são importantes para melhorar nossa produtividade, especialmente depois que absorvemos uma quantidade grande de informação. E quando estiver revisando, lembre-se que seguir pela simplicidade é sempre o melhor caminho. Se algo não te soa claro, pense em como você contaria a mesma coisa em uma conversa!

 Essas dicas foram úteis? Compartilhe em suas redes sociais!!