Médico_Identidade_Digital.jpg

Nos últimos anos, a Internet tornou-se um canal de comunicação por excelência para qualquer profissional, incluso para aqueles que se dedicam à saúde, por que não? De fato, cada vez mais especialistas aproveitam as vantagens da rede para aumentar sua presença nos resultados de pesquisa, melhorar seu branding pessoal ou incrementar sua agenda de contatos.

icone_aspas_doctoralia.pngA trilha que molda a identidade digital de uma pessoa é impactada por diferentes fatores. E ela está salva na Internet, sendo dificilmente possível apagá-la. É por isso que a impressão digital ou “impressão 2.0” de cada especialista deve ser cuidada, para construir uma reputação profissional adequada❞, salienta o Dr. Frederic Llordachs, co-fundador da Doctoralia e especialista em gestão de identidade digital de profissionais da saúde.

Você não sabe como começar? Experimente, primeiro, estes truques bem simples:

1| Procure seu nome no Googlebusca_google_médico.png

Para que adianta “googlar” seu nome? E por que recomendamos que você faça essa pesquisa no Google e não em outro buscador?

O Google é hoje o motor de pesquisa mais utilizado na web. Por isso, pesquisar-se neste buscador é a forma mais fácil de verificar o que o paciente irá encontrar sobre você. Ele poderá encontrá-lo/a? Tudo o que ele ler a seu respeito será positivo? Saberá localizar seu consultório e suas informações de contato?

2| Encontre sua concorrência mais próxima

A seguir, procure por sua especialidade e localização no Google para saber como seu ramo e sua concorrência se comportam (por exemplo, “ginecologista Fortaleza”). Todos os pacientes que procurarem essa especialidade em particular na sua cidade, verão praticamente o mesmo resultado que você encontrou.

E agora? Se Google não lhe mostrar o que você estava esperando, então é hora de dar forma à sua identidade digital. Aproveite estas dicas para mostrar sua melhor carta de apresentação profissional no buscador.

3| Registre-se em una plataforma on-line de médicos

Crie seu perfil em uma plataforma de médicos on-line confiável e de referência, que concentre um grande volume de pacientes-usuários. Os aspectos mais importantes na hora de avaliar essa plataforma online são:

  • Volume de usuários mensais: Quantos pacientes mensalmente procuram por um médico neste espaço? Quais probabilidades você tem de que potenciais pacientes lhe encontrem?
  • Posicionamento dos profissionais que aparecem nesse diretório: Quando você procurar no Google pelo nome de um profissional e o perfil que ele mantém nessa plataforma aparecer entre as primeiras posições, isso significa que o site tem um bom posicionamento.
  • Volume de profissionais da saúde registrados: Geralmente esse é um bom indicativo da utilidade e dos resultados que plataforma oferece.

indices_doctoralia_brasil.png

4| Demonstre que é especialista em seu ramo

Criar um blog sobre um assunto de seu interesse profissional é um bom começo. Nesse caso, é imprescindível colocar-se na pele do paciente na hora de explicar o tema e dar continuidade à edição de artigos.

Outra opção, para posicionar-se como especialista em uma doença ou tratamento em particular, é responder às perguntas que os pacientes fazem em algumas plataformas médicas on-line que oferecem esta opção. É importante dar a entender ao paciente que suas explicações e conselhos não pretendem substituir uma visita presencial no consultório de um especialista.

5| Relacione-se com outros especialistas e seja ativo nas redes sociais

Tecer uma rede de contatos on-line fará com que sua identidade digital ganhe credibilidade. O Twitter, Facebook e LinkedIn são ótimas ferramentas tanto para alcançar esse objetivo quanto para viralizar o conteúdo do blogue, ou seja, para conseguir que a informação chegue a mais usuários, entre eles, médicos ou pacientes interessados na mesma área de especialização.

6| Perca o medo de relacionar-se com os pacientes

Sabemos que a Internet não pode substituir uma visita física, mas permite resolver dúvidas concretas dos pacientes e mostrar o especialista mais próximo e compreensivo, em relação aos questionamentos e temores que eles possam manifestar. Embora seja necessário manter um limite e não esquecer os princípios da confidencialidade da profissão, mostrar-se aberto pode beneficiar sua imagem profissional e convencer a pacientes indecisos.

7| Tenha paciência

Construir sua identidade digital é questão de tempo, mas se trabalhar e seguir estas dicas, você pode chegar a tornar-se um “influenciador” ou formador de opinião sobre sua especialidade ou área de interesse.

Se tiver gostado deste artigo, clique abaixo compartilhe-o em suas Redes Sociais!